quarta-feira, 8 de setembro de 2021

STF impediu golpe de Bolsonaro, por Fernando Horta e Gustavo Conde


Os protestos convocados por Jair Bolsonaro serviram para mobilizar a classe política para o impeachment. Bolsonaro se expôs sem filtro ao país, dissipando qualquer dúvida sobre suas intenções golpistas e messiânicas. Na tarde de 7 de setembro, as redações já operavam incrédulas diante do mergulho suicida de um presidente disposto a tudo.

 

Mas os acontecimentos foram mais complexos do que isto. Houve uma tentativa clássica de golpe frustrada pela Suprema Corte em madrugada de altíssima tensão. 

 

Aos fatos e perguntas prévias. 


O que teria dado errado para que Bolsonaro não concretizasse seu tão sonhado golpe? O que efetivamente aconteceu para que os planos golpistas fossem frustrados? Seria apenas um erro de cálculo de Bolsonaro? Seria o fato de o Brasil ter "instituições fortes"?

É consenso que o que ocorreu no dia 7 de setembro foi uma tentativa de golpe. É em função desta fatalidade que jornais e partidos enunciaram o “fim” de Bolsonaro - a tentativa fracassada, no entanto, não freou nem freará o ex-capitão.


Esse problema é de Arthur Lira.


Para entender o que de fato ocorreu, a rigor, é preciso olhar para a noite de 6 de setembro. O que se sabe até aqui permite ligar alguns pontos. 


Desde o início da semana, os hotéis de Brasília foram sendo tomados - especialmente os mais baratos. Isso indicou o deslocamento antecipado de número razoável de pessoas com alguma capacidade financeira - ou contempladas com algum financiamento.


No dia 6, quase todos os hotéis mais baratos de Brasília estavam lotados. Esse movimento não passou despercebido pelo STF e por todo o aparato de inteligência por ele montado - já que PF e a ABIN foram sequestradas por Bolsonaro.


A partir das 12h do dia 6, a PM do Distrito Federal iniciou os planos de isolamento da região central da cidade (a Esplanada dos Ministérios) como parte do plano de segurança que é imposto compulsoriamente em dia de manifestações.


Nota: Brasília, sabemos, é uma cidade planejada. E da forma como foi planejada, o ‘fechamento’ à entrada do povo nas fachadas de poder é das tarefas mais fáceis e elementares (apesar de ser planejada por um comunista, essa é uma característica urbana de Brasília propícia a ditadores - basta que a PM coloque barreiras para que o povo seja excluído do protagonismo social).


Por volta das 18h, numa ação claramente planejada em moldes militares, bolsonaristas resolveram "testar a água". Um grupo de cerca de 600 pessoas passou a retirar as barreiras e abrir espaço para que os grandes caminhões, que já estavam na cidade, rompessem o bloqueio.


Esse "destacamento avançado", com missão de reconhecimento, foi abrindo espaço sem a resistência da PM do Distrito Federal - uma das polícias mais bolsonaristas do país.


Do lado ‘de cima’, o governador do DF, Ibaneis Rocha Junior (MDB) - bolsonarista e supostamente envolvido com as ilegalidades do Ministério da Saúde juntamente com a Precisa e Ricardo Barros - convenientemente não estava presente no DF. 


Ou seja: estava tudo armado para uma "pequena" indisciplina da PM de Brasília, pretexto para que se incendiasse o país inteiro. Tudo passaria como uma azarada "falta de ordenamento" em função da ausência do governador. 

 

Brasília, pela manhã, daria o tom do golpe.


Caso as mobilizações prometidas em número chegassem a Brasília, Bolsonaro faria da Paulista apenas seu palco de completo sucesso. O presidente contava com pelo menos um milhão de pessoas em Brasília e, com isso, a pressão sobre as outras polícias dos Estados seria insustentável.


Para entender o que deu errado, é preciso voltar novamente à madrugada do dia 6. 

 

Percebendo a fúria com que os bolsonaristas progrediam destruindo as barreiras na esplanada, seguidos da complacência inicial da PM, vários atores políticos - como o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) e o jornalista Ricardo Noblat - passaram a ligar incessamente para o governador Ibaneis, e a usar as redes sociais para denunciar o estopim do golpe. 

 

Essa "grita" inicial chegou ao presidente do Supremo, Luiz Fux, que, com a corte em uníssono, entrou em contato direto com a PM do DF exigindo providências.


A resposta inicial da PM foi protocolar. O STF não é a autoridade imediata a quem a PM seria obrigada a responder. A Constituição, por sua vez, diz que as PM's estão subordinadas ao Exército. 

 

Eis o ‘golpe de mestre’ do STF. 


Fux ligou direto para os comandantes militares, ainda durante a madrugada, avisando que caso as PM's seguissem o comportamento leniente, ele (Fux) chamaria a GLO e convocaria as Forças Armadas para deter os manifestantes. 


O que o STF fez foi adiantar uma tomada de decisão do Exército Brasileiro. As Forças Armadas esperavam primeiro a mobilização popular prometida, para então apoiarem o levante. Estavam naquela madrugada, portanto, aguardando. O STF, contudo, exigiu uma posição imediata do Exército.


Do ponto de vista do STF, a ação era simples. Negasse o exército a ordem de Fux e o golpe estava consumado. Não haveria necessidade da pantomima do 7 de setembro. Por outro lado, ao adiantar a tomada de decisão, o STF elevava exponencialmente o custo desta ação para os militares.


Na prática, tivessem os militares desobedecido Fux e no dia 7 as manifestações "flopassem", os comandantes militares seriam processados por insubordinação e sairiam culpados de sedição. O preço era alto demais. A exigência da decisão ainda no dia 6 quebrava o plano bolsonarista


No meio desse imbróglio, duas figuras trabalhavam. De um lado, Alexandre de Morais, de posse das informações de inteligência, mapeava o financiamento dos movimentos e bloqueava as contas certas e as chave-pix, asfixiando os financiadores de Bolsonaro.


Muitas "caravanas" de locais perto de Brasília não puderam sair por conta da falta de dinheiro. O resultado foi o número reduzido de apoiadores. 


O outro ator que agia em silêncio era o vice-governador do DF, Paco Britto (Avante) que atuou diretamente com as PM's. Na falta de Ibaneis, a desculpa das PM's para a inação não seria mais possível. O comportamento ambíguo do governo do DF (ora apoiando Bolsonaro ora obedecendo ao STF) já tensionava o ambiente. 


Britto, no entanto, compreendeu que recairia sobre ele toda a culpa de uma malfadada sedição que ocorresse nas PM's de Brasília. Novamente, o STF aumentava o custo da tomada de decisão e o vice precisou garantir as PM's “na linha”.


Com a recomposição das linhas hierárquicas do Exército - a partir da cobrança do STF na madrugada do dia 6 - e com a lealdade das PM's (ainda que a contragosto) garantidas, a margem de sucesso do golpe de Bolsonaro ficou pequena.


No final do dia 6, percebendo os planos naufragarem, os filhos do presidente foram até os manifestantes que faziam a "frente" para o movimento na tentativa de insuflar o apoio necessário para a sedição no dia seguinte e também impactar a PM


Não funcionou. Tirando os apoiadores mais exaltados, o restante dos apoiadores de Bolsonaro - aqueles que chamamos de "atores racionais" - fizeram um cálculo de custo/benefício de suas ações. 


A tensa madrugada do dia 06 de setembro, que virou com fogos de artifício o tempo todo, determinou o fracasso do golpe do dia 7. O STF subiu o custo das ações políticas dos outros agentes e diminuiu o acesso destes agentes às informações que precisavam para a tomada de decisão.


As ações não foram coordenadas entre os atores políticos que saíram denunciando a posição claudicante da PM no dia 6 e o STF que colocou "a faca nos peitos" dos comandantes militares, mas, de alguma forma, elas foram complementares.  

 

O golpe naufragou.


Não podemos, contudo, achar simplesmente que ele não foi dado (que Bolsonaro não cometeu crime porque "o resultado não foi alcançado" como é o argumento dos defensores do governo na CPI). 

 

Se deixarem Bolsonaro solto, ele tem mais um 7 de setembro para tentar. E mais um ano para planejar - agora, sem os erros cometidos nessa intentada.

 

106 comentários:

  1. Respostas
    1. Esse blog é uma comédia!
      Gente frustrada inconformada com a derrota até agora.
      O Presidente mais amado da história do Brasil é o único que "joga dentro das 4 linhas da Constituição ". Ele tem cacife suficiente para, se quisesse, dar fechar qualquer instituição, mas não o faz, é n7nxa fará, por que é um DEMOCRATA, ao contrário do molusco pinguço que promete regular a imprensa é a internet, ou seja, CENSURAR a livre informação no país.

      Excluir
    2. Muito bom o resumo! Parabéns pelo texto!

      Excluir
    3. Se ele é democrata, por que fracassou? Ele está no fundo do poço! Já pediu até perdão!

      Excluir
    4. Mais amado da história????
      Esse povo está doente mesmo!
      Hauhauhauhahu

      Excluir
    5. Gente tão doente como o Ditador frustrado que teve que pedir perdão.

      Excluir
    6. Excelente análise! #forabolsonaro

      Excluir
    7. Excelente !! Temos que divulgar !

      Excluir
  2. O artigo é cena de documentário! Super!

    ResponderExcluir
  3. Ação magnífica do STF! Fux foi exemplar nas sábias decisões. Não deixo de parabenizar o deputado Paulo Pimenta, que sempre está na luta contra esse governo hipócrita e sujo, que ocupa a cadeira presidencial (há de ser por pouco tempo!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Retiro tudo quem disse de Fux

      Excluir
    2. Parabéns a todos os atores envolvidos nessa ação de contra_golpe!O centrão deveria ser na ido da vida pública do pais!Esse louco continua na cadeira presidencial por obra deles,que só pensam nos seus privilégios.A democracia vive.Fascistas não passarão!

      Excluir
    3. Banido da vida pública...corrigindo.

      Excluir
    4. E tudo invenção!!!
      Esse mané só escreve bobagem!

      Excluir
    5. na real.. dá ate vergonha ler um artigo desse... viajou na jaca mole..

      Excluir
  4. Ótimo texto. Só deve ser feita uma correção: o arquiteto e urbanista que projetou o plano piloto da cidade de Brasília foi Lucio Costa e ele não era comunista. Quem era comunista era Oscar Niemeyer, o arquiteto que projetou os principais edifícios de Brasília. Ou seja, os problemas de acesso da população à cidade, não se devem a um comunista, como foi dito no início do artigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flavio C., retificação perfeita! Niemeyer fez apenas o plano geral da cidade. O seu urbanista foi Lúcio, que detalhou o plano. * A propósito : PELO VISTO, ser comunista resulta em vida longa! cf. Niemeyer...

      Excluir
  5. Respostas
    1. Deve ser algum que recebeu dinheiro para tentar o golpe e está frustrado, pois a única coisa que conseguiu foi cartinha de desculpa do Bozo ao STF.

      Excluir
    2. Efeito dunning-kruger.... Vão precisar de tratamento por longos anos... Parabéns aos homens de bem que conseguiram abafar esse golpe graças a Deus
      fracassado golpe

      Excluir
  6. Desculpe, Conde. Mas algumas coisas não batem. Os atos foram um fiasco, apesar de todo o investimento. O motivo é muito simples de entender e nada tem a ver com a "Gloriosa CORAGEM do FUX". Bozo somente tem apoio na zona rural e 80% da população mora em grandes cidades, que sofre de grave desemprego e carestia, não se empolga mais com ele. Nem os evanjegues. Essa briga de telecacht entre fascistas x democratas está chegando ao fim. Como na Bolívia em 2005, após a Guerra do Gás, parece que esse imbróglio vai ser decidido pelo povo. Com ou sem a esquerda na rua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei o texto bem fantasioso.

      Excluir
    2. Também acho que há um certo sobrestimação da ação do Fux e subestimação da crise e da carestia no fracasso do golpe.

      Excluir
    3. Também achei muito uma narrativa tipo documentário impactante. Faria sucesso.
      Mas concordo mesmo é com a análise que foca o bolsonarismo como vitorioso no interior. E acrescentaria eu, também com apoio nós imensos bolsões evanjegues. Não é à toa que estavam no mesmo palanque da Besta o Malafaia, o Magno Malta e uma porção de picaretas que se apresentam como despachantes de Jesus e de Deus.

      Excluir
    4. Quanto mais ignorantes, mais a quadrilha do STF avança!

      Excluir
    5. Ops! Você quis dizer... Quanto mais ignorantes, mais a quadrilha do bozo avança! né?

      Excluir
  7. Agora entendi. Desculpem a minha ignorância a análise é perfeita mas ainda estou em suspense aguardando a martelada final, ou seja, impeachment ou cancelamento da chapa? Continuo em cólicas.
    Ô, Lula me ajudaê❤❤❤❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prefiro o cancelamento da chapa, porque tem muito deputado arregão com medo da irá dos bolsominions ou ainda que se vende para votar contra o impeachment. Não quero correr o risco do impeachment não passar.

      Excluir
    2. Se não fosse Paulo Pimenta a desenhar o q estava acontecendo, filmando tudo e chamando a atenção talvez o golpe tivesse se concretizado.

      Excluir
    3. Se ele for te ajudar esconde a carteira…

      Excluir
    4. Ele não é filho do Bozo que vivem de Rachadinhas.

      Excluir
  8. Perfeito! Pra fechar com chave de ouro, só falta o TSE cassar a chapa e nos livrar desse encosto de vez. TSE, nunca te pedi nada... Precisamos de renovo, de paz, de alguma alegria diante de tanta tragédia que tem sido esse desgoverno bolsonarista.

    ResponderExcluir
  9. Isso é conversa pra boi dormir,não tem clima pra isso, o STF é o próprio golpe, com forças armadas,com STF com tudo...O golpe é a hora que a Casa Grande acha que tem que ser feita...

    ResponderExcluir
  10. Excelente, sigamos em alerta porque golpista está sempre planejando seus golpes. Ainda mais este cidadão que desfila com sua faixa presidencial como as misses desfilam, que não governa faz 3 anos, apenas ameaça, denigre ministros, semeia odio e discordia! Espalha fake, medica os menos esclarecidos com vermicina, aumenta a propagação de vírus, aumenta a miséria e a fome dos brasileiros. Sigamos em alerta, a liberdade é um direito que lutamos muito para alcançar.

    ResponderExcluir
  11. Que vergonha esse "presidente", vergonha mundial. Cada pronunciamento dele afunda mais o país. Givernar que é bom, nada! Esse cara não sabe nem pra que serve uma árvore, não tem idéia da importância dos oceanos na nossa sobrevivência, não deve nem saber tabuada. É só uma coisa bem ruim que previsa ser extirpada, ele faz mal pra tudo e ora todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vergonha já passamos com Luladrão dilmaburra é o resto da quadrilha.
      Deixa de ser burro!!
      Luladrão não é burro! Colocou tudo no nome de laranjas e dos pseudofilhos!!

      Excluir
    2. Rapaz... Lula e Dilma eram bem recebido em qualquer lugar do mundo. Esse ai qualquer um quer distância. Bozo não, palhaço de filme de terror.

      Excluir
  12. É preciso por esse louco fora o quanto antes não importa como, mas o mais rápido possível antes q ele consiga o golpe,pois não vai esperar outro7/9

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vai esperar outro 7.09 não! Ele tá desesperado com o Lula circulando por aí

      Excluir
  13. Concordo 100%, ele precisa ser "expulso" com urgência, antes que destrua ainda mais o país.

    ResponderExcluir
  14. Ótimo texto!
    Graças a Deus,foram feitas ações inteligentes antes que o boçal e seus, também, doentes seguidores triunfassem!

    ResponderExcluir
  15. Ficou bom o fantasioso texto. Vejo que muita gente entendeu assim. Fux só não escreveu um "ailoveiú" na árvore do discurso, nem podia, melhor que tivesse balançado o galho com firmeza. Bora torcer que um fruto tardio desse discurso caia na cabeça do Artur Lira, e o acorde.

    ResponderExcluir
  16. Com certeza o golpe flopou!
    Que fique como uma lição, a este incompetente energumeno restará tentar mais uma vez no 7 de setembro do ano que vem!

    ResponderExcluir
  17. Muito bom! Só lembrando:
    O preço da liberdade é a eterna vigilância!

    ResponderExcluir
  18. A UD - ultra direita, formada por radicais super entrosados e unidos com menos de 10% de representatividade sabia de tudo sobre as tratativas do pretenso golpe.

    Ingênua e desinformada nunca foi essa UD, sabendo tudo da geopolítica do poder armado, arbritário e subversivo dos motins e arranjos golpistas.

    E agora que o STF chutou em Brasília o pau das barracas dos milicianos e terroristas?

    Vão elles poluir já as ruas com a fuligem de tanques remanescentes da 2a guerra?

    Ou será que vão adotar um plano B que só elles da UD sabem?

    Agora será a hora delles descartarem de vez o Bozo e anteciparem um plano B com os milicos assumindo o país por mais 21 anos?

    E depois deixá-lo à míngua entregue ao ao FMI, como fizeram no final da década de 1980, antes de largarem a bomba com os civis?

    Como dizia o Ibrahim: "Olho vivo que cavalo não desce escada!"

    ResponderExcluir
  19. A 1a via está indo para o beleléu sem ter sequer extrema unção, hábito de católicos, liturgia avessa e desrespeitada por seus _líderes evangélicos._

    A 2a, do PT, que, de per si, isoladamente, em nada me fascina vai se tornar a 1a via.

    Agora, pode surgir uma outra 2a e até uma 3a via para a escolha democrática em 2022.
    Sem nada da UD que, já defenestrada nos USA e em Israel, se desmilingue por aqui. Após arrazar o país em menos de 3 anos de poder presidencial, posição pela qual lutou desde a Proclamação da República.

    Em 2022 vença o melhor, para tentar recolocar o Brasil nos eixos.
    Como fez o discretíssimo caipira de Juiz de Fora MG, Itamar Franco - com inflação baixíssima, custo de vida equilibrado ante os salários, sem escândalos, sem atos corruptivos - rumo ao desenvolvimento econômico e social.
    Grande Itamar, traído e injustiçado pela sua criatura FHC, que comprou reeleição com mensalão e arrazou o patrimônio público - Vale, Embratel, Telebrás - e estremeceu Petrobrás e Eletrobrás feizmete recuperadas, "à la meia boca" ou "nas boquinhas", como queiram, no bom, mas rentista Gov Lula.

    ResponderExcluir
  20. Em tempo, parabéns pelo trabalho jornalístico, de pesquisa e aprofundamento dos fatos, e pelo brilhante texto - uma narrativa, objetiva e pontuada pela temporalidade clara das idas e vindas, das marchas e contramarchas do urdido e desarticulado golpe.

    ResponderExcluir
  21. Ainda me pergunto: como podemos deixar isso acontecer. Ele desgoverna como facções como fez a vida toda. Isso tem que parar. Foi mais ou menos assim que o Hitler começou.

    ResponderExcluir
  22. Ainda me pergunto: como podemos deixar isso acontecer. Ele governa com facções como fez a vida toda. Isso tem que parar. Foi mais ou menos assim que o Hitler começou.

    ResponderExcluir
  23. Parabéns, nos dá um relato de um golpe.

    ResponderExcluir
  24. Excelente texto que, de uma certa forma, nos tranquiliza.

    ResponderExcluir
  25. Hahahahahah
    Limitação mentalacha tudo bonitinho!!!

    ResponderExcluir
  26. Que lixo essa matéria....sem conexão nenhuma...

    ResponderExcluir
  27. Perdi meu tempo lendo suposições partidária de esquerda

    ResponderExcluir
  28. Perfeito o raciocínio e texto impecável! Fora esse inimigo do o povo! Cassação da chapa já!!!

    ResponderExcluir
  29. Olá. Qual o percentual de veracidade desses gravíssimos acontecimentos? Quanto tem de fato e quanto é interpretação e suposição dos autores? Não vejam essas perguntas como crítica ao trabalho dos senhores, somente fiquei muito preocupado com esses bastidores e queria ter uma noção do nível de precaução que devo ter no dia-a-dia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá aí uma forma de questionamento inteligente. Não precisamos agredir pra tentar entender ou mesmo questionar.

      Excluir
  30. O golpe estava planejado:
    Invasão do da Praça dos 3 poderes,com irradiação da baderna País a dentro;
    Caminhoneiros interditado rodovias;
    Discurso na Paulists;
    Greve dos caminhoneiros pra parar o Brasil enquanto os golpistas se instalavam...
    O GOLPE FRACASSOU!!!

    ResponderExcluir
  31. não fosse uma realidade trágica, daria um triller sensacional!

    ResponderExcluir
  32. Beira o ridículo, povo na rua JAMAIS SERÁ "GÓPI" ou o que aconteceu com a Dilma foi GÓPI também?
    Só maluco pra acreditar nisto, mas onde tem PT como herói dá pra sacar a fantasia que vem pela frente....
    7 de setembro foi APENAS o começo, vada vez terá mais gente nas ruas praticando o tal GÓPI... kkkkk mais de 5 milhões nas ruas pelo país eas narrativas prosseguem.... ainda tem 52 milhões em casa que ainda vão sair, mas será GÓPI também.

    ResponderExcluir
  33. Muita gente querendo colher e muito pouca gente querendo plantar...

    ResponderExcluir
  34. Um verdadeiro desgoverno!
    Cassação da chapa já!

    ResponderExcluir
  35. Que o golpe estava armado, estava, só não sei se os motivos do fiasco foram os relatados por parte dos jornalistas, ainda que faça sentido. O engraçado são os comentários de pessoas que se dizem partidários do golpista, com todo o respeito, me parece coisa de quem perdeu, ou nunca teve, discernimento. A todo momento fala do PT e Lula. Eu que não sou partidário dessa sigla, não consigo entender o porquê de se citar as roubalheiras ocorridas para desqulificar as más ações do atual inquilino do palácio do Planalto, que é golpista, miliciano e genocida, entre outras coisas, sendo que essas suas qualidades independem de quem governou e roubou o país antes dele.

    ResponderExcluir
  36. Respostas
    1. Péssima ilação do jornalista comunista. Simplesmente péssima, sem noção da realidade, do verdadeiro sentimento do povo brasileiro que graças a Deus não se desfez da inteligência apesar das três décadas de mando da esquerda neste país.

      Excluir
  37. Péssima ilação do jornalista comunista. Simplesmente péssima, sem noção da realidade, do verdadeiro sentimento do povo brasileiro que graças a Deus não se desfez da inteligência apesar das três décadas de mando da esquerda neste país.

    ResponderExcluir
  38. Esse cara aí só escreve merda! Bolsonaro reeleito em primeiro turno 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

    ResponderExcluir
  39. PIOR PRESIDENTE QUE O BRASIL JÁ TEVE!
    BOZO DAS RACHADINHAS,

    ResponderExcluir
  40. Quem tem limitaçâo mental mesmo? O cara nem sabe escrever! E ainda se orgulha de ser gado! Coitado...

    ResponderExcluir
  41. E quando e que a grande midia colocara o povao a par de Todo este acontecimento ?.Mas Uma coisa precisa ser dita : O proprio STF deveria aproveitar tudo o que vem ocorrendo e propor mudar a maneira de selecionar seus componentes , Tirando a prerrogativa de o presidente indica-los.Passaria a ser outro modo de selecao, por concurso entre magistrados por exemplo.Teriamos um STF bem mais independent e.

    ResponderExcluir
  42. O STF não "impediu" o golpe do Bolsonaro... Apenas retardaram o golpe. Temer está com o Bolsonaro e o fez fazer um recuo estratégico. Esse fascista vai tentar, com grande possibilidade, o tudo-ou-nada armando como der milicianos e outros tipos decapangas assassinos pra uma nova tentativa de golpe e dessa vez armado.

    ResponderExcluir
  43. Bozzo saiu mais forte após os atos, isso não podemos negar. Para derrotá-lo é necessário unir forças, uma frente única e democrática no rumo de uma terceira via.

    ResponderExcluir
  44. Jamais li algo tão preciso, digno de um documentário, sábias palavras, gratidão, ganhou mais um seguidor.

    ResponderExcluir
  45. Juntando as informações: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2021/09/10/stf-cogitou-chamar-exercito-para-impedir-invasao.htm

    ResponderExcluir
  46. Um presidente q demostra o tempo todo não querer o bem para a população e ter tantos seguidores isso assusta,dia7 foi mais uma demostração,e triste.

    ResponderExcluir
  47. Fonte da matéria: "Vozes na minha cabeça"...

    ResponderExcluir